segunda-feira, 12 de abril de 2010

TEOLOGIA DA SECA

Por TADEU ROCHA



Irmão sede
Irmã fome
Teologia da seca
Anjos de ossos
Sem asas
Sem dentes
Seita sem nome

Oásis de caatinga
Missa de cactos
Cacos de esperança
Crença de sequidão

Sertão
Distância menor
Entre a terra e o sol
Assim diz meu cordel
Venha a nós o São Francisco
Como bolero de Ravel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário