segunda-feira, 31 de janeiro de 2011




HAIKAIS
De Alice Ruiz




mar bravio

a cada onda

novo silêncio





diante do mar

três poetas

e nenhum verso





manhã de outono

o verde do mar

também amarela





sinal fechado

o menino atravessa

escrevendo versos





contra o prédio cinza

uma só flor

e todas as cores





procurando a lua

encontro o sol

mas já de partida







pôr-do-sol

em torno dele

todos os cinzas







começo de outono

cheia de si

a primeira lua







som alto

vento na varanda

a samambaia samba







trânsito parado

os mesmos olhares

e ninguém se olha

Nenhum comentário:

Postar um comentário