sábado, 10 de setembro de 2011



Em 26 de agosto de 2008, uma semente brotou. Nasceu o blog Sementeiras, que este ano completou seu terceiro aniversário. Ainda que tardiamente(embora nunca seja tarde para comemorar com os amigos), presto uma homenagem publicando o primeiro poema do Sementeiras. Parabéns Magna.


Aprendiz

Ah, um dia de semente é tudo o que se quer...
Terra molhada
Sol a aquecer
Tempo a trabalhar

Deveras o tempo nos ajuda
É fato
Deveras ele nos atrapalha
Quando queremos

Há tanto a se aprender
E muito a se calar...
Como uma verdadeira semente

E assim ficarei nesta sementeira
Criada em dia de lua
E noite de vento

Sou aprendiz
Neste espaço que ainda desconheço
Mas experimento
Sem pretensão

Em meio ao plural
Me singularizo
Sacudo minhas mãos
E torno a sujá-las
Graças a Deus
Que Ele me ensine, então, mais uma vez.

Obrigada, Senhor, por tudo
E abençoe a todos que por aqui passarem.

Magna Santos

2 comentários:

  1. Meu irmão, como posso agradecer tamanho carinho? Tamanho apreço?
    Nossa, Tadeu! MUITO MUITO OBRIGADA! As palavras agora se embaralham e não consigo expressar a emoção que me proporcionaste...talvez esta lágrima que escorre agora possa te dizer um pouco do muito que ora sinto.
    Agradeço a Deus pela oportunidade que Ele me deu há 3 anos atrás. Jamais poderia imaginar colher tanto. E os frutos mais preciosos são estes que agora me ofertas: amizade, respeito, carinho, alegria, paz... Obrigada, Senhor!
    QUE DEUS TE ABENÇOE SEMPRE, TADEU, QUE ELE NUTRA DE PAZ, AMOR, ALEGRIA, SAÚDE A TI E TODOS OS TEUS!
    Mais uma vez, muitíssimo obrigada!
    Abração, meu amigo!
    Magna
    Obs.:a imagem é belíssima

    ResponderExcluir
  2. Eu é que agradeço a vc Magna pelo Sementeiras e pelo seu carinho e atenção. Somos todos aprendizes. Valeu!!!

    ResponderExcluir